Aletheia RPG review


Sempre gostei de RPGs na época atual ou pouco futurista que tratam de conspirações, investigações de fenômenos forteanos, multiplas dimensões, etc. Neste estilo existem vários jogos interessantes, entre eles o Alternity Dark Matter, Conspiracy X, Broken Rooms, Mage Ascention, Unknown Armies, Kuro, Heaven & Earth, entre outros. Recentemente trombei com este RPG chamado Aletheia que me surpreendeu.

Tendo lido e jogado muitos RPGs sou bem seletivo quanto ao material escrito e também quanto ao sistema de regras. Por exemplo em fantasia medieval gosto muito do Warhammer Fantasy e dificilmente vou experimentar algo que não seja muito bom, porque em warhammer acho perfeitos o cenário e o sistema, então não compensa perder tempo aprendendo outro sistema ou cenário que não seja no mínimo à altura, ainda mais em se tratando de fantasia medieval, pois os cenários costumam ser gigantes, e você acaba tendo que aprender juntamente com a a geografia e história do cenário, também raças, culturas, deuses, mitos, magias, etc, etc, etc, o que consome muito tempo.

Mesmo assim este ano dois lançamentos me desarmaram: Shadows of Esteren e The One Ring. O mesmo aconteceu com Aletheia.

Aletheia é uma palavra greaga que significa a busca pela verdade. Trata-se de um RPG pequeno (menos de 200 páginas), barato (pdf U$ 10,00 na drivethrurpg.com e na rpgnow.com) fácil de ler, com interior em branco e preto, poucas mas ótimas ilustrações, sobre um grupo de pessoas reunidas para estudar fenômenos paranormais. O que é diferente em Aletheia de tantos outros RPGs do gênero é que ele é auto contido, ou seja neste único livro, você encontra o cenário, a história, o sistema de regras, a campanha e todas as revelações de todos os segredos do jogo, bem como uma aventura, e uma das premissas do jogo inclusive é que ele não terá (precisará) de suplementos.


CENÁRIO

Tudo começa com uma pessoa chamada Nathaniel Usher que estudou a vida toda fenomenos forteanos e buscava encontrar um ponto em comum entre eles, um fator ou anomalia que explicasse todos eles. Ele construiu uma mansão com seu amigo Chastain e reuniu uma grande biblioteca, onde eles passaram a vida pesquisando e experimentando inclusive com a droga DMT que tem propriedade alucinógenas potentes e alguns dizem produzir viagens espirituais que podem mudar a pessoa para sempre. Ele construiu também um anexo na mansão onde 9 portas são na verdade portais que levam para diversos lugares no mundo como Kirbeth Qumran perto de onde foram encontrados os manuscritos do mar morto.

Um dia ele desapareceu para sempre, mas deixou ao seu amigo um diário enigmático chamado de Usher Codex, e instruções para montar uma sociedade para continuar seu trabalho, convocando sete membros baseado em uma pesquisa genealógica. A Seven Dogs Society. A primeira geração da sociedade desapareceu assim como Usher e os membros da segunda geração foram todos encontrados por Chastain mortos com um tiro na cabeça, do outro lado de um dos portais que leva à ruínas de Lubanthum. Os jogadores fazem parte da terceira e última geração da Seven Dogs, pis Chastain já está muito idoso e não terá condições de reunir uma nova geração.

O trabalho dos personagens é seguir as pistas deixadas por Usher como os portais, as localidades que eles levam, o codex (que infelizmente foi queimado e restaram apenas 5 páginas), os fenômenos paranormais, e descobrir o que aconteceu com ele, com a primeira e segunda gerações da sociedade e no final a verdade absoluta que une todos os fenômenos. Fácil.

PERSONAGENS

Os personagens são pessoas de todos os backgrounds como policiais, médicos, etc, mas todos têm em comum possuírem algum poder paranormal. A construção da ficha é bem fácil, e baseada em pontos. Os PJs têm apenas 4 atributos e dois grupos de skills, sendo um de skills profissionais e outro de skills extra curriculares. Além disso eles devem escolher no mínimo 1 poder entre pré cognição, pós cognição, teletransporte, viagem no tempo, etc.

Baseado nos poderes é também calculado o atributo Will que é o fate point/void do sistema, usado para rolar dados extras em caso de falha ou para diminuir o dano.


SISTEMA

O sistema é bem simples, mas funcional. Quando você vai fazer um teste de skill, rola-se um nº de d6s igual ao atributo em questão sendo que cada 5 ou 6 conta como um sucesso. A skill é então adicionada como sucessos automáticos (1 a 3 dependendo do nível da skill). Para você ser bem sucedido é necessário de 1 a 8 sucessos (muito fácil a quase impossível).

Todos os testes do jogo são resolvidos assim. O combate é bem simples e linear, visto que não é o foco do jogo. Todo PJ tem 20 hps e cada sucesso causa um de dano com bônus pelas armas. O dano é bem realista e a cura lenta. uma pessoa normal sem Will para diminuir o dano pode morrer com um ou dois tiros de revolver, mas os jogadores têm este recurso a mais, além de poderes para por exemplo voltar no tempo e salvar o amigo.

Existem subsistemas muito interessantes para investigar a cena, analisar as pistas e entrevistar as testemunhas, que dão um ar de CSI no jogo e é bem único dele.

EVOLUÇÃO

Esta é mais uma parte muito interessante e única de Aletheia. Quando termina uma sessão de jogo, o grupo deve deliberar e formular uma tese do que teria realmente acontecido. Se eles acertarem todos os detalhes, ganham 5 XP, se não acertarem, devem fazer uma jogada de Reason para ganhar de 1 a 3 XPs. Acha muito original e estimula muito os jogadores a prestarem atenção ao jogo, além da solução depender totalmente da criatividade, intuição, etc dos jogadores e não de testes de skill.

O MISTÉRIO

O livro revela mesmo o mistério de tudo, e é bem complexo, envolvendo um pouco de física de alta energia e religião, se você tiver algum conhecimento nestas áreas vai aproveitar melhor, mas não chega a atrapalhar a compreensão. Não vou contar aqui a solução por dois motivos: primeiro para não estragar a surpresa e dar spoiler e segundo porque o negócio é complexo mesmo. Eu precisaria de outro post deste tamanho para resumir tudo.

CONCLUSÃO

Excelente RPG, se você gosta de Arquivo X ou outros jogos de conspirações, paranormalidade, etc, é praticamente obrigatório. Vou mestrar agora no Concentration Camp, depois posto fotos e comentários.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Shadowrun 5ª edição em português

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens