D&D é um RPG que passou da conta porque...


- Ter suplementos é legal, mas 60 suplementos por ano detonam o bolso do jogador.

- Pilhar os monstros é muito bom, mas carregar milhões em peças de ouro no bolso é forçado demais.

- Armas mágicas são interessantes, mas justamente porque são raras. Imagine todos os membros da sociedade do anel carregados de armaduras, amuletos, espadas mágicas, anéis de invisibilidade, de ver o invisivel, de voo, etc.

- Magia também tem sua graça, mas o jogo é de fantasia e não supers.

- Raças fantásticas são opções interessantes, mas um grupo formado por um monge meio dragão, um elfo negro feiticeiro, um gnomo guerreiro, um orc druida, e por aí vai fica ridículo.

- Ataques e combos detonam as criaturas, mas com cada jogador com 5 ataques por turno, 200 pontos de dano por rodada, cura, ataca de novo, etc, o jogo não anda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Shadowrun 5ª edição em português

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens