L5R Beta Test parte 1 - Cenário



Começando a análise das regras beta da nova edição do RPG Legends of the Five Rings pela FFG, quero lembrar que ontem escrevi um post assim que recebi o PDF e portanto se você não leu e está interessado em conhecer a nova edição, comece por aquele post. À medida que eu for lendo vou postando minhas impressões e todos os posts terão o título semelhante para ficar mais organizado. Vamos lá:

O livreto é bem diagramado, tem 233 páginas sem gravuras e muito poucos erros de grafia. A primeira parte que tem cerca de 10 páginas conta de forma resumida do que se trata o cenário o que não é novidade nenhuma para os veteranos, mas ficou muito bem condensado de forma que mesmo quem nunca jogou L5R pode ter uma boa ideia do que se trata. Duas coisas chamam a atenção. A primeira e mais importante é que o texto menciona o trono do crisântemo e o imperador Hantei o que coloca a linha do tempo do cenário na era pré clan wars quando o último Hantei foi morto e Fu Leng renasceu dando sequência ao segundo dia do trovão e a ascensão do Toturi ao trono. 

Não há como dizer se esta será a cronologia oficial do produto final, pois é uma baita voltar no tempo. Para você ter uma ideia esta era a cronologia oficial dos produtos nos anos 90, antes da edição d20 e da terceira edição. Como eu gosto muito desta era eu fiquei contente. Outra possibilidade é que a FFG use um esquema de cronologia aberta deixando todas as eras descritas e cada grupo joga na era que quiser. Apesar de que eu acredito ser material demais para o livro básico, haja visto que na 4ª edição a cronologia cabe em 2 livros capa dura (os Imperial History I e II) e isso porque foi condensado porque até a 3ª edição cada era ocupava um livro próprio com folga dado o tamanho do material.

A segunda coisa que chama a atenção é que eles mencionam muitas vezes o duelo interno dos samurais entre suas emoções e desejos vs o código do bushido e o que a sociedade espera deles. Claro que isso sempre foi um dos temas centrais do jogo e um dos maiores motores dos conflitos e drama nele, mas a impressão que fica é que a FFG está dando um ênfase adicional ao tema, visto a persistência do tema denro do cenário resumido em apenas 10 páginas e como vamos ver no próximo post esta pista se confirma com a introdução de mecânicas centrais  voltadas justamente para este conflito.

Por ora é isto, não deixem de seguir e comentar

Próxima parte


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens